GRUPO ESCOTEIRO TERRA DO VALE

Rua Vitor Juvencio Mafra , 930
Centro - Camboriú/SC
88340-158

Somos um movimento para jovens, feito por jovens. Essa é principal engrenagem do Movimento Escoteiro: a vitalidade das crianças, adolescentes e jovens que passam por nossos caminhos e renovam nossas energias, aliada à experiência dos adultos voluntários.
O Escotismo é um movimento educacional que, por meio de atividades variadas e atraentes, incentiva os jovens a assumirem seu próprio desenvolvimento, a se envolverem com a comunidade, formando verdadeiros líderes. Acreditamos que, por meio da proatividade e da preocupação com o próximo e com o meio ambiente, podemos formar jovens engajados em construir um mundo melhor, mais justo e mais fraterno.
É verdadeiramente no grupo escoteiro que o Escotismo acontece. Os jovens são divididos conforme sua faixa etária para que o Programa Educativo possa ser trabalhado em todas as áreas de desenvolvimento (físico, intelectual, social, afetivo, espiritual e de caráter) com base nas características individuais de cada fase. O Programa Educativo ainda se preocupa em estar inserido no cotidiano dos jovens, de acordo com suas necessidades de crescimento e do meio onde os jovens se desenvolvem, se adaptando a diferentes realidades e respeitando sua autonomia.

Missão

O Método Escoteiro é um sistema de progressão que tem a intenção de estimular as capacidades e interesses de cada jovem. Isso acontece através de desafios a serem superados, da vivência de aventuras, do incentivo a exploração, a realização de descobertas, a experimentar coisas novas, inventar e desenvolver a capacidade de achar soluções; mas sempre respeitando individualmente os limites de cada jovem.
Esse sistema de progressão depende da combinação de cinco elementos para acontecer:
1. Aceitação da Lei e da Promessa Escoteira
A partir do momento que se realiza a Promessa Escoteira, se aceita a Lei e se firma um compromisso de vida, um código de ética, de comportamento. A aceitação da Lei e da Promessa são feitas voluntariamente, mas a partir do momento que isso acontece, se espera um esforço para viver de acordo com seus significados.
2. Aprender fazendo
O aprendizado pela prática é uma das bases do Movimento Escoteiro. Os jovens são incentivados a desenvolverem suas habilidades pela ação, valorizando o treinamento para autonomia baseado na autoconfiança e iniciativa, observando os erros como parte da jornada, fonte de aprendizagem, já que são um passo em busca do acerto.
3. Vida em equipe
Desde o ingresso em um grupo escoteiro, a vida em equipe passa a fazer parte da realidade do escoteiro. Esse convívio possibilita a descoberta progressiva de responsabilidade e prepara o autocontrole, além de desenvolver a capacidade tanto para liderar quanto para cooperar.

4. Atividades progressivas, atraentes e variadas
É por meio das atividades que alcançamos nosso propósito, que podemos oferecer aos jovens experiências únicas e agregadoras. Mas para que isso aconteça durante toda a vida escoteira, é necessário que sejam observadas as características, anseios e necessidades de cada faixa etária, resultando, assim, em um planejamento próprio para cada Ramo, assegurando o interesse e envolvimento do escoteiro.
Os jovens vão ao grupo para se divertir ao lado de amigos; nós utilizamos as atividades para auxiliá-los em seu autodesenvolvimento e educação. A programação dessas atividades leva em conta um sistema progressivo, em termos de exigência de práticas, habilidades e amadurecimento, oferecendo desafios e aventuras conforme sua evolução e vivência. As atividades escoteiras compreendem jogos, capacitação em técnicas úteis estimuladas por um sistema de distintivos, vida ao ar livre, integração com a comunidade, entre outros, tudo isso em um ambiente fraterno.

5. Desenvolvimento pessoal com orientação individual
A evolução de cada jovem é acompanhada individualmente por um adulto voluntário, que identifica suas qualidades e deficiências a fim de orientá-lo da melhor forma, criando oportunidades para que ele se desenvolva e se supere cada vez mais. Além disso, o voluntário e o jovem criam uma relação de amizade e confiança, o que permite identificar e trabalhar pontos comportamentais com mais facilidade.

Visão

VALORES DO MOVIMENTO ESCOTEIRO

MISSÃO

A missão do escotismo é contribuir para a educação do jovem, baseado em sistema de valores baseados na Promessa e na Lei Escoteira, ajudando a construir um mundo melhor, aonde se valorize a realização individual e a participação construtiva em sociedade.

VISÃO

O Movimento Escoteiro, é um movimento global que produz uma real contribuição na criação de um mundo melhor.

PRINCÍPIOS DO ESCOTISMO

A Organização Mundial do Movimento Escoteiro define como Princípios do Escotismo:

Dever para com Deus (crença e vivência de uma fé, independentemente de qual seja);
Dever para com os outros (participação na sociedade, boa ação, serviço ao próximo);
Dever para consigo próprio (crescimento saudável e auto desenvolvimento).
DESENVOLVIMENTO FÍSICO

Proporcionar o desenvolvimento físico do jovem por meio de jogos ao ar livre, exercícios, excursões e acampamentos.

DESENVOLVIMENTO MORAL

A finalidade é o caráter com um propósito. E o propósito é que essa geração seja sadia no futuro, para desenvolver a mais alta forma de compreensão e dever para com Deus, pátria e próximo.

DESENVOLVIMENTO INTELECTUAL

Dá-se uma preparação adequada pelo conhecimento adquirido em cada uma das etapas como cozinha; campismo, nós, natação e salvamento; primeiros socorros; regras de segurança, orientação, transmissão de sinais, estudo da natureza, entre outros.

Valores

O Programa Educativo visa atender o Propósito, os Princípios e o Método Escoteiro, pontos fundamentais para a prática do Escotismo. Nove princípios fundamentais garantem o sucesso do Programa:

• Atualização: resultado de reflexões constantes sobre as práticas educativas;
• Relevância: leva em conta as características culturais, sociais, políticas e econômicas da sociedade;
• Significância: considera atender os interesses e necessidades dos jovens;
• Protagonismo juvenil: coloca o jovem como centro do processo educativo;
• Para todos: precisa adaptar-se às diferentes realidades, atendendo jovens de todos os segmentos da sociedade;
• Educa para a vida: deve dar oportunidade para que os jovens cresçam como pessoas, de maneira progressiva;
• Unidade na diversidade: embora se adapte às distintas realidades, o Programa Educativo mantém sua unidade;
• Autonomia progressiva: dá espaço para que os jovens participem dos processos de tomada de decisões;
• Vinculado com a realidade: os conteúdos do Programa devem estar conectados com as frequentes mudanças da sociedade e adequados à realidade de cada ambiente.

Além disso, sete elementos completam o Programa Educativo, abordado de forma ampla nos Manuais do Escotista de cada Ramo:
• Organização em Ramos: adapta o Método Escoteiro às necessidades e características de cada faixa etária;
• Áreas de desenvolvimento: estabelece seis áreas de desenvolvimento: social, afetivo, de caráter, intelectual, espiritual e físico;
• Objetivos educativos e competências: confere coerência, continuidade e complexidade crescente ao processo educativo;
• Sistema de progressão pessoal: estimula os jovens a assumir a responsabilidade por seu próprio desenvolvimento;
• Instâncias democráticas de tomada de decisão: possibilita que os jovens participem dos processos de tomada de decisão em cada Ramo;
• Planejamento participativo de atividades: permite que os jovens participem junto com os adultos educadores do processo de planejamento, execução e avaliação das atividades;
• Atividades educativas: oferece aos jovens a possibilidade de adquirir conhecimentos, habilidades e atitudes correspondentes aos objetivos educativos.

Produtos e serviços

Nossa forma de ajudar a construir um mundo melhor é contribuindo para que os jovens assumam seu próprio desenvolvimento, como principais autores e atores de suas histórias. E isso é feito oferecendo aprendizagem pela ação, ou seja, os jovens que praticam Escotismo adquirem conhecimentos, habilidades e valores a partir das experiências que vivem por meio das atividades que participam. Assim, nossa maneira de contribuir para o êxito do Desenvolvimento Sustentável é criando oportunidades para que os jovens adquiram, pela vivência, as competências que lhes permitam participar da edificação do mundo que queremos construir.
Nesse sentido, além de manter nossos programas educativos atualizados e atraentes,com atividades aos sábados, acampamentos, jornadas ecológicas, safáris fotográficos, excursões, temos os seguintes grandes eventos:
* EducAÇÃO ESCOTEIRA,com o tema “Desenvolvimento Sustentável”, quando o grupo realizará em escolas públicas de nosso município, ações que proporcionem tanto aos jovens como aos estudantes e comunidade, experiências que possam contribuir na conscientização das possibilidades que existem para mudar realidades desfavoráveis e alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável. Essas atividades buscarão aplicar, de forma prática, conteúdos que se relacionam com os parâmetros curriculares do segundo ciclo do ensino fundamental.
• Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica (MutEco), quando nosso grupo aplicará atividades, a partir de um conjunto sugerido, envolvendo as comunidades de entorno, orientados pelos temas de proteção do meio ambiente e desenvolvimento sustentável. Este é um evento já consagrado, que envolve anualmente dezenas de milhares de escoteiros e brasileiros beneficiados.
• Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Comunitária (MutCom), desenvolvemos ações em suas comunidades, objetivando contribuir com seu desenvolvimento, melhorando condições de vida das pessoas e dos ambientes em que vivem. Também já é um evento consagrado, com dezenas de milhares de jovens participando e beneficiando muitas comunidades em todo o país.
* JOTA é a oportunidade para que escoteiros do mundo inteiro possam conhecer e operar estações de radioamador - em contato com outros escoteiros de diversos países -, de modo a despertar seu interesse para que possam até mesmo ingressar no radioamadorismo.
* JOTI, ou melhor Jamboree on the Internet (JOTI), é um grande encontro mundial de escoteiros. Assim como o JOTA, o objetivo é que os participantes façam novas amizades e conheçam outros escoteiros pelo mundo, por meio da rede mundial de computadores.A atividade é realizada por meio de uma grande gincana virtual, conhecida com Scout Joti Challenge (SJC), que reúne lobinhos, escoteiros, seniores e guias e pioneiros. Durante esse final de semana, a partir das 0h de sábado (18), as equipes ou grupos terão que cumprir desafios baseados no conceito de “pensar global e agir local”. São 24 tarefas lançadas a cada hora. Esses desafios desencadeiam uma série de ações ligadas a temas como meio ambiente e sustentabilidade, cultura, educação, esporte e lazer, que por sua vez resultam em uma intensa produção de conteúdos multimídias.