Serviço de Obras Sociais

Rua Francelino Rom
Vila Rica - Sorocaba/SP

O Serviço de Obras Sociais foi fundado em 28 de novembro de 1968, com a finalidade de prestar uma assistência emergencial à população que chegava à Sorocaba e não tinham um local para ficar e a partir de 1991 o SOS define as pessoas em situação de rua como prioridade dos seus trabalhos. Hoje, o SOS, com recursos próprios e em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social de Sorocaba e a Direção Regional de Assistência Social de São Paulo, atende quase que na totalidade a demanda de acolhida para pessoas em situação de rua do município.

Em 08 de outubro de 2007, o SOS inaugurou o CLUBE do NAIS (Núcleo de acolhimento Integrado de Sorocaba), projeto que atendia adolescentes que cometeram infrações leves e passaram pela DIJU – Delegacia da Infância e Juventude. Os jovens atendidos nesse espaço estavam envolvidos em atos infracionais. Esse programa era uma parceria do SOS com o Governo Municipal, por meio de um convênio com a Secretaria da Juventude, e conta com o apoio do CMDCA (Conselho Municipal da Criança e do Adolescente), do Conselho Tutelar e da Vara da Infância e Juventude. O Clube do Nais foi extinto em 31/12/2015, porém o SOS continua a desenvolver projetos voltados a este tipo de atendimento.

Hoje são recebidos em nossos projetos os adolescentes que receberam a medida sócio educativa de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC ) e que residem em bairros periféricos de Sorocaba e estão de alguma forma envolvidos com drogas, seja como consumidores ou envolvidos no tráfico.

Missão

Proporcionar um atendimento de excelência aos destinatários da assistência social, por meio de um conjunto integrado de ações desenvolvidas em parceria com o poder público.

Produtos e serviços

Acolhimento Provisório para pessoas em situação de rua – Conta com atendimento por 15 horas, diariamente, para servir às pessoas que se encontram em situação de rua, migrantes, itinerantes ou que se encontram em tratamento médico. Atualmente, uma média de 55 pessoas é atendida diariamente.


Atendimento de medida socioeducativa em meio aberto - Liberdade Assistida e Prestação de Serviços à comunidade (LA e PSC) - É um programa voltado para adolescentes que estão envolvidos em atos infracionais, sempre visando a sua reintegração social amparada nas intervenções do serviço social e da psicologia. O SOS oferece uma ampla gama de serviços ao adolescente envolvido em ato infracional, oferendo também, suporte à sua família, contando com atividades esportivas, musicalização, acupuntura, rodas de conversa, terapia familiar, cursos de qualificação profissional e acesso à escola, dentre outras atividades.

Projeto SOS ECO – Baseia-se na promoção da educação ambiental e na formação dos jovens para sua reinserção social, a partir do aprendizado de técnicas avançadas de cultivo e plantio de espécies nativas, valorizando a conservação e a conscientização da necessidade de proteção do meio ambiente e da biodiversidade na região.