CAVI-Centro de Apoio e Valorização á Infância.

Rua:Professor Antonio de Almeida Prado , 150
Jardim Novo Itu - Itu/SP
13301-190

O Centro de Apoio e Valorização à Infância – CAVI é uma instituição sem fins lucrativos que atende crianças de 6 a 12 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é promover o fortalecimento dos vínculos familiares, contribuindo para a prevenção e redução de situações de risco, com atendimentos diários para 60 crianças em contra turno escolar.

Priorizando o desenvolvimento cognitivo, físico e social, as atividades são pautadas em experiências lúdicas, culturais e esportivas. A equipe técnica composta por profissionais na área da psicologia e serviço social realizam atendimentos e acompanhamentos dos responsáveis e familiares, objetivando assegurar os direitos da população atendida.

Dentre as atividades ofertadas estão as aulas de Taekwondo, Judô, Basquete, Informática, Artes, Artesanatos, Contação de histórias, Dança, Xadrez, Reforço Escolar e Espanhol, além de fornecer uniforme, equipamentos para as aulas e lanche, tudo gratuitamente.

Missão

Promover o fortalecimento dos vínculos familiares, contribuindo para a redução da vulnerabilidade social de crianças e adolescentes.

Visão

Estimular as potencialidades e habilidades nas crianças e adolescentes, fortalecendo e disseminando a convivência familiar e comunitária.

Valores

Promover programas e projetos com atividades de relevância social e pública. Valorização do ser humano, responsabilidade, fé, comprometimento, companheirismo e ética. Ao estimular as potencialidades e habilidades nas crianças e suas famílias, o CAVI busca fortalecer e disseminar a convivência familiar e comunitária.

Produtos e serviços

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
O serviço tem por finalidade a prevenção e a redução de ocorrência de risco,acolhendo as crianças e famílias,evitando rompimento de vínculos familiares e sociais, visando à garantia de direitos, desenvolvendo projetos e oficinas ,para a inclusão social, dando oportunidades a participação,a autonomia,a partir dos interesses, demandas e potencialidades de cada faixa etária,prestando atendimentos continuados,planejados com projetos na área social, focando um espaço de convivência,formação, participação desenvolvendo o protagonismo e a autonomia das crianças, e de suas famílias assistidas pela instituição, as atividades são pautadas em experiências lúdicas, culturais e esportivas.
O CAVI contribui com a promoção do acesso os serviços socioassistencial, atendendo usuários como sujeitos de necessidades, e demandas particulares, singulares; que apresentam diferentes enfoques interventivos, mas que interagem entre si,ações de apoio, informação, orientação e encaminhamento, com foco na qualidade de vida.
A instituição oferece uma oportunidade de estreitar laços entre as crianças e famílias e a comunidade, essa aproximação é fundamental para convivência e fortalecimento de vínculos a intenção é propiciar aos participantes a oportunidade de planejar e efetivar ações lúdicas e educativas, que são desenvolvidas durante todo o ano, as ações são de cunho educativo e artístico-cultural com profissionais de diversas áreas do conhecimento, como a psicologia, pedagogia, serviço social, educação física, artes, e outras linguagens artísticas, a exemplo da música, integram a equipe multiprofissional,quando há a necessidade de acompanhamento técnico das famílias por profissionais da psicologia, do direito,e da saúde, os usuários são encaminhados para órgãos responsáveis pelos serviços garantindo o cumprimento da política de assistência.
O planejamento anual adota ações que possam manter os materiais e recursos que serão utilizando em oficinas desenvolvidas pelos educadores sociais, os mesmos tem a função de trabalhar estimulando o desenvolvimento cognitivo,físico e social,as crianças são observadas dentro desse trabalho,em conjunto,e quando notamos algumas vulnerabilidades,essas são trabalhadas ,para entender o contexto familiar ,cultural e comunitário,diagnosticando as situações de vulnerabilidade social, ampliando a capacidade e os meios para que as famílias revertam a situação, prevenindo a presença e o agravo de riscos sociais.